Monsson Cap. 12 - Through The Dark



POVs Anthony

Eu sabia que se não fizesse aquilo eu poderia sofrer as consequências ou passar minha vida toda fugindo junto de Monica, e certamente não queria essa vida para meu filho e para a mulher que eu amo, então já tinha algo em mente.

- Monica. gritei por ela assim que a vi junto de Hannah na margem do riacho.

Minha morena levantou-se e ficou fitando-me enquanto eu me aproximava, assim que isso aconteceu eu olhei Hannah e disse.

- vá, quero falar com Monica. Hannah não questionou, mas antes de sair abraçou a amiga e sussurrou algo a mesma.

Quando finalmente estávamos sozinhos, olhei Monica e logo me aproximei dela levando uma de minhas mãos até seu rosto e o acariciando, fazendo a minha garota fechar os olhos e apreciar o meu carinho. A puxei para mais perto e logo a beijei, enquanto ainda acariciava seu rosto e agora tinha a outra mão em sua cintura deixando ali um leve carinho.

- minha pequena. disse partindo o beijo e encostando minha testa a dela.

- o que vamos fazer? questionou-me ela se ajeitando em meu peito.

- uma opção é fugirmos, mas não quero submeter você a ficar se escondendo do mundo, ainda mais com meu filho, eu não quero a ver sofrer. comentei afagando os cabelos dela.

- e qual nossa outra saída? inquiriu ela ainda com a cabeça me meu peito.

Suspirei profundamente ante de respondê-la.

- a outra seria darmos fim em tudo aqui e agora. comentei me distanciando dela e lhe mostrando o revólver.

- está dizendo que devemos nos matar? disse ela olhando assustada para a arma.

- é uma opção. proferi



- não sei se é a sensata a fazer. comentou ela colocando as mãos no ventre, parecia um sinal de que queria proteger ele, nosso bebe.

Eu fechei os olhos para não ver tal ato e logo disse ainda sem olha-la.

- sabes que morreremos de qualquer jeito, sendo agora o mais tarde. Eles nunca nos deixariam em paz, Monica você tem um filho de um soldado nazista em seu ventre isso é uma afronta para a força nacional, eles vão te caçar até o inferno para arrancar essa criança de você. disse já sentindo meu coração acelerar e a garganta se fechar, sinais de que meu medo voltara. Eu não queria perder Monica.

Minha doce amada correu até mim e abraçou-me e entre soluços disse.

- fuja comigo, vamos para outro lugar do globo, mas não me peça para matar meu filho. Anthony eu tenho dezessete anos e a minha vida toda sonhei estar gravida, não destrua esse sonho, ainda mais agora que eu tenho certeza que te amo. Não mate a mim e nem ao nosso filho.

Ao ouvir aquilo e não pude segurar mais as insistentes lagrimas, as mesmas apenas deslizaram pelo meu rosto e logo corriam livremente por ali como uma nascente de um volumoso rio. Eu sabia que teria grandes problemas se aceitasse a proposta de Monica, mas não podia mata-la, eu a amava.

- não se preocupe pequena eu não o destruirei.

POVs OFF

Hannah caminhava sem pressa para a velha casa, olhava a todo o momento para trás para certificar-se que a amiga estava bem, mas quanto mais se aproximava da velha fazenda, mais era difícil de ver Anthony e Monica na beira do riacho, o que a afligia, ela temia o que poderia acontecer com a amiga, afinal ela estava gravida de um soldado nazista, e todas as experiências vividas com eles não haviam sido as melhores ao ver de Hannah, mesmo Liam, às vezes causando algo em Hannah, ele sempre seria algo ruim, afinal ele matava pessoas inocentes.

Em um susto a loira fora despertada de seu devaneio, e quando recuperou-se do agito, vidou Belinda ao seu encalço. A mesma sorria falsamente para Hannah e tinha os braços cruzados sobre o busto.

- Liam quer lhe ver. comentou a morena revirando os olhos.

- eu não sei se tenho tempo para ele. comentou Hannah voltando a caminhar.

- Oh minha nossa, o que aconteceu aqui? falou Belinda com deboche indo atrás de Hannah.

- nada que é de seu interesse. disse a loira entrando na cozinha olhando louça sobre a pia logo caminhando até lá e começando a limpar.

- olha ela sabe ser mal educada. Sua mãe não lhe ensinou a ser educada?. disse Belinda sussurrando maldosamente no ouvido de Hannah enquanto a mesma limpava os pratos sujos.

- sim, ela ensinou-me, mas o problema é que você não merece meu respeito. proferiu a loira olhando fundo nos olhos de Belinda, que logo se encheram de ódio pela afronta de Hannah.

- sua vadia, sangue ruim. disse Belinda erguendo o braço para bater na loira, mas fora impedida por um braço forte, e o mesmo pertencia a Liam, que tinha uma feição nada boa.

- o que acha que iria fazer? perguntou Payne segurando firme o braço da morena, que olhava medrosamente para os olhos do rapaz.

- e-ela estava sendo rude e mal educada. comentou Belinda.

- isso não lhe dá o direito de batê-la, você não é nada além de uma vadia, uma vadia que já foi comida por todos dessa casa. falou Payne visivelmente irritado.
Belinda olhou Payne e engoliu em seco, e assim que o rapaz lhe soltou ela virou-se e olhou Hannah e começou a caminhar para fora da cozinha, mas antes de cruzar a porta novamente fitou Hannah furiosa, fazendo a loira tremer com o olhar.

- é você por que não subiu? indagou Payne olhando Hannah.

- eu tinha algumas coisas para fazer. indagou a moça apontando para a louça esperando para ser limpa.

- você tem que aprender que quando lhe chama você tem que ir correndo. disse o rapaz caminhando até a garota que já estava encurralada na pia  sem saída.

- me desculpe. disse Hannah não conseguindo fitar Liam.

Payne suspirou e se apoiou na bancada e fitou a loira e disse.

- tudo bem, mas que não se repta.

Ao ouvir aquilo a garota rapidamente fitou o rapaz e notou que o mesmo a fitava, mas tinha algo de errado.

- está tudo bem? indagou à loira se aproximando de Payne.

- eu estou bem. disse o rapaz respirando ofegante.

- não seja tolo, você não devia ter levantado da cama, tu foste atingido por um tiro. comentou Hannah apoiando Liam em seu ombro e o conduzindo até o quarto.

Assim que chegou no mesmo, colocou Payne deitando na cama e o ajeitou, olhou-o e notou que o mesmo tinha os olhos fechados e parecia reprimir um grito.

- vá chamar Matthew, ele é formando em medicina, saberá o que fazer. proferiu Liam em um fio de voz. 
Hannah não hesitou, logo corria escadas abaixo em busca do tal rapaz.


Ela não podia negar que ver Payne naquele estado a afligia e muito, ela queria poder não vê-lo sofrer, mesmo ele lhe causando vários sofrimentos, Hannah não conseguia odiá-lo ao contrario, pois quando Liam a olhava ela sentia o coração acelerar, e quando ele beijava seu pescoço do nada enquanto estavam deitados depois de transarem a moça sentia-se vulnerável e sabia que pertencia a ele, que Liam Payne mesmo parecendo um mostro era seu salvados, o que era loucura por ele era um soldado nazista e como toda a historia diz eles deviam se odiar e não nutrir tais sentimentos de afeto, isso confundia Hannah, ela não podia amar Liam e ele muito menos. De certo modo, agora as palavras de Belinda faziam sentido, aquele envolvimento poderia causar consequências graves tais como o amor, um amor proibido.


Continua>>


Capitulo Anterior||Próximo Capitulo

Heey galera diva!! Eu apareci, mil perdões pelo sumiço é que realmente tá difícil escrever, muita coisa acontecendo na minha vida que fico sem tempo para pensar na fic, mas prometo tentar escrever com mais frequência, quero atualizar bem essa fic por que pretendo termina-la em dezembro, então já aviso a fanfic não será longa e com temporadas, quem sabe haja segunda temporada mas nada certo. Enquanto isso curtam os próximos capitulo!!
Agora todo mundo intendeu o que a Belinda queria dizer??

Continua com 6 Comentários

ps: sobre E Se, estou finalizando o 1º cap. do Zayn e quem sabe eu o poste hoje, mas nada confirmado porque tenho muita coisa pra fazer, mas vou tentar.


9 comentários :

Joyce Rayane Dos Santos Silva disse... Responder

Continuaaaaaaa logooooo ♥ ♥ ta perfeita ♥ ♥

Jeh Tomlinson disse... Responder

Ameeeeeeei continuaaaaa logo please!

Anônimo disse... Responder

Eu estou adorandoo!! Você não tem ideia!!! Por favoor!! Posta logoo, eu to muito anciosa!

rayssa vasconcelos disse... Responder

Nuss amei esse cap a cada dia eu me apaixono mais pela fic continua gemma ♥

Anônimo disse... Responder

Eu estou amando essa fic!!! Por favor continua!!!

Anônimo disse... Responder

AI MEU DEUS! VOCÊ TEM QUE CONTINUAR!!!!

Anônimo disse... Responder

Adorei , cara comecei a ler e não parei mais , fic muito pft vlh , continua plmdds

Anônimo disse... Responder

PORRR FAVOOOORR CONTINUA LOGOOO
A fic tá PER-FECT <3 estou in love com ela :3
#Bruneka Malik

Larii Malik disse... Responder

A fic ta perfeita ,, como sempre aff to apaixonada pela fic muito viciante #ContinuaLolly ♡♡

Postar um comentário